Tags

, , , , , , , , , , , , , , ,

Maikon K. apresentando sua performance ‘DNA de DAN’

O caso do artista preso por ‘ato obsceno’ e os limites da liberdade artística

Polícia interrompeu performance de Maikon K. em Brasília no sábado (15). O ‘Nexo’ consultou dois especialistas sobre legalidade da ação

O artista e performer paranaense Maikon Kempinski, conhecido como Maikon K., foi preso pela Polícia Militar do Distrito Federal no final da tarde de sábado (15), durante a apresentação da performance artística “DNA de DAN”.

Detido sob a justificativa praticar “ato obsceno”, o artista se encontrava nu no contexto da performance, em frente ao Museu Nacional da República, em Brasília. A apresentação era parte da programação do evento Palco Giratório, mostra teatral promovida pelo Sesc (Serviço Social do Comércio).

Leia mais:
https://www.nexojornal.com.br/expresso/2017/07/17/O-caso-do-artista-preso-por-%E2%80%98ato-obsceno%E2%80%99-e-os-limites-da-liberdade-art%C3%ADstica

Anúncios