Tags

, , , ,

18dez2014---george-stinney-14-foi-preso-pelo-assassinato-de-duas-garotas-brancas-crime-pelo-qual-foi-julgado-culpado-condenado-a-pena-de-morte-e-executado-em-apenas-83-dias-em-1944-na-carolina-do-1418930628577_615x470

Adolescente é absolvido 70 anos depois de ser executado por homicídio nos EUA

Em 1944, George Stinney, 14, foi julgado culpado pela morte de duas garotas brancas e executado em apenas 83 dias após o crime

A Justiça do Estado da Carolina do Sul (EUA) inocentou um adolescente negro de 14 anos pela morte de duas garotas brancas –70 anos depois de ele ser julgado culpado e ter a pena de morte executada.

George Stinney foi julgado, condenado e executado em apenas 83 dias após o assassinato de Betty June Binnicker, 11, e Mary Emma Thames, 7. Elas foram encontradas mortas em um bairro negro na cidade de Alcolu, em março de 1944. As meninas tinham ferimentos na cabeça, supostamente causados por golpes de barra de ferro.

A família de Stinney sempre acreditou na inocência do adolescente, que teria sido forçado a confessar o crime para servir de bode-expiatório, segundo o “Guardian”, “de uma comunidade branca procurando vingar a morte de duas meninas”. Ele foi a pessoa mais nova a ter a pena de morte executada nos Estados Unidos no século 20.

Leia mais:
http://noticias.uol.com.br/internacional/ultimas-noticias/2014/12/18/jovem-negro-e-absolvido-70-anos-depois-de-ser-executado-por-homicidio-nos-eua.htm