Tags

, , , , , , ,

Professor brasileiro voluntário é finalista de concurso de melhor do mundo

Marcio Andrade Batista desenvolveu método de iniciação científica no Centro-Oeste brasileiro usando como base conhecimentos da atividade extrativista local.

O que você faria com US$ 1 milhão? Marcio Andrade Batista sonha com uma viagem. Mas não para alguns dos destinos mais procurados por brasileiros, como Orlando e Nova York.

O professor mato-grossense quer ir para o Acre – mais especificamente para regiões do estado amazônico que possam se beneficiar de seu projeto de iniciação científica para crianças usando conhecimentos práticos de atividades rurais típicas.

Antes, porém, Batista precisa fazer história no concurso Global Teacher Prize e conseguir se tornar o primeiro brasileiro a conquistar o chamado “Nobel da Educação”, entregue a “um professor excepcional que tenha feito uma contribuição extraordinária para a profissão”.

Ele é o único brasileiro na lista de 50 finalistas divulgada nesta quarta-feira pela ONG Varkey Foundation – trata-se da primeira vez em três anos de concurso que um representante do país é selecionado.

Leia mais:
http://g1.globo.com/educacao/noticia/2015/12/professor-brasileiro-voluntario-e-finalista-de-concurso-de-melhor-do-mundo.html