Tags

, , ,

Vigoroso, livre, autêntico e profícuo. Com mais de cem filmes produzidos por ano ao longo da última década, o cinema nacional passou a refletir sua contemporaneidade e, de maneira excepcional, a tratar aspectos socioculturais fundamentais para compreender o Brasil de hoje.

De 18 de julho a 1º de agosto, a Mostra Brasil Cinema Agora! apresenta quatro filmes que simbolizam essa atualidade e a potência do audiovisual brasileiro. A seleção conta com a curadoria de Francesca Azzi, da Zeta Filmes.

Arábia
(Affonso Uchôa e João Dumans, 2017, 96 minutos)

Azougue Nazaré
(Tiago Melo, 2018, 82 minutos)

Chuva É Cantoria na Aldeia dos Mortos
(João Salaviza e Renée Nader Messora, 2018, 114 minutos)

Inferninho
(Guto Parente e Pedro Diógenes, 2018, 82 minutos)

Leia mais:
https://www.itaucultural.org.br/secoes/agenda-cultural/mostra-apresenta-quatro-filmes-brasileiros?fbclid=IwAR0V0abZSsIbRFgsuX5b_707MuXyKUhnZJ8u_pT1BCxwli0MhP57Z99UPxc