Tags

, , , , , , , , , , , , , , , ,

As crianças não são tolas ou espertas: o que são as inteligências múltiplas e como potencializá-las?

Descubra para que servem e como aproveitar as habilidades que predominam e melhorar as deficitárias

Nos últimos anos se popularizou muito o conceito de inteligências múltiplas, essa ideia de que a inteligência é uma construção complexa que não pode ser definida de uma única maneira. O que não é tão conhecido e para que serve, o que fazer com isso e de que forma pode favorecer nossos filhos.

Efetivamente, foi um psicólogo de Harvard que publicou um revolucionário livro chamado Estruturas da Mente: A Teoria das Inteligências Múltiplas, no qual propôs inicialmente a existência de sete inteligências, às quais posteriormente se acrescentariam outras duas. Esse psicólogo, chamado Howard Gardner, definiu a inteligência como a “capacidade de resolver problemas, ou criar produtos, que sejam valiosos em um ou mais ambientes culturais”. Nos contextos escolares, o foco se concentrou na forma lógico-matemática e na linguística, mas esta corrente considera que a inteligência pode se expressar de maneiras muito diferentes, sem restringi-la àquelas duas. A abordagem consiste em agrupar as diferentes capacidades humanas em nove tipos.

…Podemos ajudá-las a desenvolver a inteligência intrapessoal com estratégias como descrever suas qualidades, seus pontos fortes, usar técnicas de concentração e de reflexão acompanhadas

Leia mais:
https://brasil.elpais.com/brasil/2017/11/27/ciencia/1511783201_006306.html

Anúncios