Tags

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Encontrada há quase 100 anos, no atual Iraque, pelo arqueólogo americano que inspirou o personagem Indiana Jones, a placa de argila era usada para cálculos em construção; descoberta confirma que babilônios desenvolveram a trigonometria 1500 anos antes dos gregos. Foto: University of New South Wales

Inscrições feitas na Babilônia há 3,7 mil anos mudam história da matemática

Números em placa de argila eram tabela usada para cálculos em construções, dizem cientistas; descoberta revela que babilônios desenvolveram trigonometria 1500 anos antes dos gregos

Depois de quase um século de mistério, um grupo de cientistas descobriu a utilidade de uma antiga placa de argila da Babilônia que ostenta inscrições de mais de 3,8 mil anos: trata-se da mais antiga tábua trigonométrica, provavelmente utilizada pelos antigos matemáticos para realizar cálculos na construção de palácios, templos e canais.

O astrônomo grego Hiparco, que viveu no século 2 antes de Cristo, é considerado o pai da trigonometria – a área da matemática que estuda as relações entre ângulos e lados dos triângulos -, mas o novo estudo revela que os babilônios já haviam desenvolvido uma sofisticada trigonometria cerca de 1500 anos antes dos gregos.

Leia mais:
http://ciencia.estadao.com.br/noticias/geral,inscricoes-feitas-na-babilonia-ha-3-7-mil-anos-mudam-historia-da-matematica,70001949533

Anúncios