Tags

, , , , , , , , , , , , ,

Michelle Obama diz que sofreu racismo até quando era primeira-dama

Em palestra a 8.500 pessoas no Colorado, ela reconheceu que os insultos racistas a afetavam

A ex-primeira-dama dos Estados Unidos Michelle Obama admitiu na quarta-feira, diante 8.500 pessoas reunidas por ocasião do 30º aniversário da Fundação de Mulheres do Colorado, em Denver, que os insultos racistas a afetavam. “Dói em mim saber que depois de oito anos trabalhando com afinco por meu país ainda tem gente que não me vê pelo que sou, mas apenas pela cor a minha pele”, disse.

Michelle Obama revelou que durante seus anos na Casa Branca foi vítima de insultos racistas em várias ocasiões. “Os que me doeram foram justamente os que mais intenção tinham de fazer mal”, acrescentou. Uma vez, a compararam com um macaco. As referências a sua figura também eram recorrentes, e ela contou ao público que sofreu muito com isso. Já depois das eleições de 2016, duas mulheres da Virgínia foram demitidas de seus empregos por se referirem a ela como “um símio de salto alto”, numa publicação no Facebook em que comemoravam a vitória de Donald Trump.

Leia mais:
https://brasil.elpais.com/brasil/2017/07/27/estilo/1501170456_900751.html

 

Anúncios