Tags

, , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Príncipe George aumenta a fama do método Montessori

Pedagogia italiana defende que crianças aprendam de modo natural, seguindo seus instintos

Não é um exagero dizer que George de Cambridge cria tendências desde o momento em que nasceu. Do xale que o envolvia com poucas horas de vida até a jardineira da marca espanhola Neck and Neck, qualquer traje que o príncipe usa é vendido até se esgotar. Existem páginas na Internet que documentam a roupa que veste e a edição britânica da revista GQ o incluiu em sua lista de mais bem vestidos.

Só tem três anos, mas parece que sua influência não se limita à moda. Em 2016, George começou a frequentar a creche Westsacre Montessori, perto de Anmer Hall, a mansão de seus pais, no condado de Norfolk. A difusão dessa notícia fez com que os pedidos de ingresso nas escolas primárias desse método disparassem em todo o país. Segundo o Instituto Maria Montessori de Londres, desde que se anunciou que o príncipe frequentaria uma escola Montessori foi registrado um aumento de 65% na demanda.

Com esta decisão sobre a educação de seu filho, William confirma que a figura de sua mãe, Lady Di, continua presente em sua vida. Tanto ele como seu irmão, Harry, foram educados nesse método pedagógico por desejo de Diana de Gales, que antes de se casar trabalhou em uma das creches Montessori da capital britânica.

Leia mais:
http://brasil.elpais.com/brasil/2016/02/05/internacional/1454691773_405553.html

Anúncios