Tags

, , , , , ,

Alunos acusam professor da UFG de racismo e o vaiam após aula

Eles afirmam que comentário do docente sobre cotas raciais motivou o ato.
Educador preferiu não se pronunciar; universidade diz que acompanha caso

Um grupo de estudantes do curso de psicologia da Universidade Federal de Goiás (UFG) acusa um professor de racismo. Eles não gostaram de um comentário do docente sobre cotas raciais e, na saída de uma aula, o vaiaram pelos corredores da instituição. A reportagem tentou contato com o professor, que não quis se pronunciar sobre o assunto.

Um vídeo divulgado em redes sociais, que mostra a confusão, teve mais de 62 mil visualizações até o início da tarde desta segunda-feira (18). Nele é possível ver que os estudantes chamaram o educador de “racista” e o acompanharam até o momento em que ele entrou em uma sala. Depois, a gritaria continuou quando o professor deixava as dependências da universidade.

Os alunos dizem que os comentários do docente foram feitos durante a disciplina de estatística da turma do 1º ano, no último dia 14. Segundo eles, o professor falava sobre o mau rendimento dos estudantes que acabaram de ingressar na universidade e relacionou esse fato à política de cotas raciais da universidade.

Leia mais:
http://g1.globo.com/goias/noticia/2016/04/alunos-acusam-professor-da-ufg-de-racismo-e-o-vaiam-apos-aula-video.html