Tags

, , , , , , , , , , ,

Em carta a Alckmin, reitora da PUC reclama da ação da PM contra alunos

Polícia acabou com protesto jogando bombas de gás e balas de borracha.
‘Somos contra qualquer ato de violência’, escreveu a reitora Anna Cintra.

A reitora da Pontífícia Universidade Católica (PUC-SP), Anna Maria Marques Cintra, enviou nesta terça-feira (22) um ofício ao governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, repudiando a ação da Polícia Militar para acabar com protesto de alunos na noite de segunda-feira, na frente da universidade em Perdizes, na Zona Oeste de São Paulo.

Um grupo de alunos iniciou o protesto contra o governo federal e logo foram rebatidos por grupo a favor do governo. A PM usou spray de pimenta, bombas de gás lacrimogênio e balas de borracha para dispersar os estudantes que eram contrários ao governo.

“Vimos manifestar o nosso descontentamento com as ações da Polícia Militar frente às manifestações no último dia 21 de março em nossa universidade em que alunos foram vítimas de bombas, tiros de borracha e gás lacrimogêneo. Nesse sentido, a Reitora da PUC-SP lamenta o ocorrido, além de ser contra qualquer ato de violência”, escreveu a reitora.

Leia mais:
http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2016/03/em-carta-alckmin-reitora-da-puc-reclama-da-acao-da-pm-contra-alunos.html

Anúncios