Tags

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

reservatorios

Água, sua linda

Como crise não se acaba com declaração, fizemos uma análise do volume de água no Sistema Cantareira nos últimos anos para que possamos entender onde estamos hoje. Não precisa ser fera em gráfico para saber que a situação está perigosa:
1. Cantareira tem só 30% de sua capacidade (http://mananciais.tk/);
2. Para conseguir atingir os 30%, a população metropolitana de São Paulo sofre racionamento há mais de um ano (mascarado pelo nome de “redução de pressão”) e continua sem abastecimento normal (http://goo.gl/lcs87f);
3. Sabesp ainda perde 31,2% da água tratada em vazamentos em seus 35 mil km de canos velhos subterrâneos com mais de 30 anos de uso (http://goo.gl/VqkkEB);
4. Sistema tem 80% de sua mata original desmatada e isso afeta capacidade de Cantareira reter água (http://goo.gl/Ho7hkq);
5. A estrutura dos reservatórios é hoje insuficiente para dar conta da demanda com aumento da população de São Paulo (http://goo.gl/nkXoR6);
6. Mesmo com 78% de reprovação, governo segue estimulando o consumo de grandes consumidores com descontos especiais (http://goo.gl/3CiUXV);
7. Governo ainda não tem ações efetivas para criar uma nova cultura de cuidado com a água no estado e mesmo com a crise o consumo subiu (http://goo.gl/HLVHhn);
8. Não há transparência na informação ou diálogo do governo/Sabesp com setores da sociedade, muito menos garantia de padrões de qualidade da água para abastecimento (http://goo.gl/ytvhLX);
9. Estado segue sem planejamento estratégico para o abastecimento de água futuro (http://goo.gl/Vmj5c1);
10. Referente ao desempenho do ano em que a população de São Paulo enfrentou grave falta de água ao lado de serviços, comércio e indústria, os seis executivos de sua diretoria ganharam bônus de 1 milhão de reais (http://goo.gl/QB2WLs).

Leia mais:
https://www.facebook.com/aguasualinda/photos/a.393790754123352.1073741828.393341070834987/578906352278457/?type=3&fref=nf

Anúncios