Tags

, , , , , , , , , ,

Paul E. Steiger: “Os poderes escondem o mal cada vez melhor”

O jornalista, que dirigiu por 15 anos ‘The Wall Street Journal’, é o fundador do ProPublica, um site revolucionário de investigação

No começo de sua carreira, os conhecimentos de economia e o talento lhe abriram caminho no mundo dos repórteres políticos, apaixonados pelos corredores da Casa Branca, mas que temiam os números. Paul Steiger acabou dirigindo a redação de The Wall Street Journal (WSJ), um templo do jornalismo financeiro, durante 15 anos.

Assim estavam as coisas quando Steiger completou 65 anos. Foi informado de que as regras do Journal não perdoam nem as grandes estrelas, e o convidaram a aposentar-se. Steiger não resistiu. Pegou suas tralhas e partiu com suas obsessões para outro lugar. Estava preocupado com o declínio do jornalismo, a crise do modelo de negócio que obrigou uma legião de órgãos da mídia a fechar e muitos a prescindirem da investigação por causa de seu elevado custo. Para remediar isso, fundou em 2007 o ProPublica, uma empresa de investigação jornalística sem fins lucrativos, empenhada em defender o interesse público e desvendar os abusos do poder. É um modelo inovador, que nada contra a corrente da velocidade e os 140 caracteres de um tuíte. Dois Pulitzer – um deles, o primeiro da história para uma mídia digital – são um reflexo do profundo impacto do invento.

Leia mais:
http://brasil.elpais.com/brasil/2016/03/03/internacional/1457024894_455179.html?id_externo_rsoc=FB_CM

Anúncios