Tags

, , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Merendão tucano usou “whatsapp russo” para evitar grampo

O Telegram, criado por russos, era considerado “mais seguro nesse ramo” pelos investigados

Integrantes da quadrilha que desviava recursos da merenda escolar no estado de São Paulo fizeram uso de aplicativos de celular criados por russos para dificultar o rastreamento de ligações pelas autoridades.

Em uma das chamadas interceptadas durante as investigações, um vendedor da cooperativa Coaf, de Bebedouro, interior de São Paulo, foi flagrado conversando com uma pessoa identificada como “Carioca” a respeito do direcionamento de um edital de merenda escolar.

Durante a conversa, o vendedor Carlos Luciano (Carlinhos) diz que a compra deverá ser feita por meio de chamada pública, um modelo simplificado de contratação pela administração pública que dispensa licitação.

Leia mais:
http://www.cartacapital.com.br/blogs/direto-de-sao-paulo/merendao-tucano-usou-whatsapp-russo-para-evitar-grampo