Tags

, , , , ,

Travesti é 1º lugar em vestibular de universidade federal

A realidade das travestis no Brasil muitas vezes é associada a prostituição, uso de drogas, criminalidade e suicídio.

A presença delas em outras esferas, como nos ambientes acadêmico e corporativo, é fundamental para garantir a representatividade do grupo na sociedade como um todo.

Nesta semana, uma militante de São Paulo deu um passo importante na inclusão de trans no ensino superior.

Aos 28 anos, a travesti Amanda Palha foi aprovada em primeiro lugar pelo Sisu (Sistema de Seleção Unificada) no curso de Serviço Social da UFPE (Universidade Federal de Pernambuco).

Leia mais:
http://exame.abril.com.br/brasil/noticias/travesti-e-1o-lugar-em-vestibular-de-universidade-federal