Tags

, , , , , , , , ,

Dorival Filho: Saí do lixão e hoje sou doutorando graças ao Bolsa Família

A história do mestre em linguística Dorival Filho, ex-catador cuja vida foi transformada pelo maior programa de transferência de renda do mundo

Por José Rezende Jr., do Rede Mundo Notícias

Disputávamos a comida com os urubus e os cachorros famintos. No lixão, éramos uma coisa só: gente, cachorro, urubu. Todos lutando para sobreviver

1986

Dorival tem 4 anos. Sob o olhar vigilante da mãe e das duas irmãs mais velhas (uma de 8, outra de 6 anos de idade), segura a mamadeira enquanto se equilibra sobre os sacos de plástico preto que formam a montanha gigante, centenas de vezes o seu tamanho. Ainda não conhece todas as coisas, mas logo aprende o outro nome do lugar onde passará grande parte da vida: garimpo.

Pelos muitos anos que virão, Dorival vai garimpar no lixo não apenas o alimento, mas também as roupas já muito usadas que vestem a família, os sapatos velhos, os brinquedos estropiados, os quadros que enfeitam as paredes da casa precária, os cadernos com páginas ainda em branco, os lápis de cor, as panelas amassadas onde a mãe cozinha o alimento que primeiro virou lixo para depois tornar a ser alimento, as cartelas de remédios para as infinitas dores e doenças – muitas delas contraídas no próprio lixão

Leia mais:
http://www.geledes.org.br/dorival-filho-sai-do-lixao-e-hoje-sou-doutorando-gracas-ao-bolsa-familia/

Anúncios