Tags

, , , ,

Manifestação repete roteiro e batalha da tarifa segue em São Paulo

Protesto convocado pelo Movimento Passe Livre tem repressão da PM e quebra-quebra de ‘black blocs’. Ativistas estudam intensificar bloqueios de vias. Próximo ato será na terça

O roteiro foi seguido à risca. O Governo Estadual e a Prefeitura anunciam reajuste na tarifa do transporte público de São Paulo. O Movimento Passe Livre convoca uma manifestação contra o aumento. O centro da cidade é o local da concentração. O ato começa sem sobressaltos e os manifestantes tentam bloquear uma via. Há participação de black blocs – ativistas que usam violência e a depredação como tática política – e a marcha termina com forte repressão policial. Detidos, feridos de ambos os lados, e o centro da cidade tomado por sacos lixo em chamas e uma nuvem de fumaça de gás pairando. Fim.

A continuação da história, se o MPL vai conseguir a revogação do ajuste da tarifa como ocorreu em 2013, ou não, como aconteceu no ano passado, vai depender da capacidade de mobilização do movimento nas próximas semanas. O que há, por ora, é uma manifestação marcada para a próxima terça-feira, às 17h, ainda sem local divulgado.

O ato desta sexta-feira teve concentração no Teatro Municipal. Grupos políticos e a juventude de partidos como o PCdoB, PSTU e PSOL, além de grupos de estudantes secundaristas que participaram das ocupações nas escolas no ano passado estavam presentes. O protagonismo do ato, porém, foi do MPL.

Leia mais:
http://brasil.elpais.com/brasil/2016/01/09/politica/1452297928_703304.html

Anúncios