Tags

, , , , , ,

Michael Bond e sua criatura, o ursinho Paddington: mais de 50 anos de boas histórias

Michael Bond e sua criatura, o ursinho Paddington: mais de 50 anos de boas histórias

Michael Bond explica Paddington

Autor de um dos personagens mais queridos da literatura infantil, o escritor conta como foi criar o pequeno urso

Uma estátua de bronze chama a atenção de quem passa pela estação ferroviária de Paddington, em Londres, Inglaterra. O “imortalizado” usa um chapéu de abas largas caídas sobre o rosto e está sentado sobre uma mala. Não se trata de um homem, mas de um ursinho. Paddington é tão famoso e querido no Reino Unido que, por um momento, pode-se pensar que foi o personagem que deu nome à estação e não o contrário.

Tudo começou com um urso de pelúcia sentado na lareira do apartamento do inglês Michael Bond. “Eu o tinha comprado numa situação de desespero, no Natal anterior, para pôr na meia de presentes da minha esposa; nós o chamamos Paddington porque sempre gostei do som da palavra, e nomes são importantes, especialmente quando se trata de um urso que não tem muita coisa mais na vida”, conta o escritor. Pouco tempo depois, o brinquedo protagonizava histórias e mais histórias.

Leia mais:
http://www.cartaeducacao.com.br/reportagens/michael-bond-explica-paddington/