Tags

, , , , , , , , , , , , ,

poder

Com quadrados e triângulos, reis e índios, livro infantil estimula crianças a pensar nos lugares-comuns de poder

Era uma vez, em um reino tão próximo que bastava virar a esquina, muitas crianças curiosas. Embora elas se perguntassem coisas como o motivo de o céu ser azul ou a razão de o espinafre ser tão amargo, também queriam saber o que era um reino – e porque tantas histórias infantis começavam com um deles. Quem disse que o reino é reino, quem decidiu quem é a rainha ou o rei, quais eram os critérios para mandar em todos e fazer com que todos digam sim?

Então, quatro adultos, tão curiosos quanto à infância, perceberam: embora crescidos, também tinham muitas dúvidas sobre as políticas do cotidiano e a ordem do mundo. Junto com as crianças, pensaram em empreender uma aventura relacionada ao assunto. Mesmo que ela não trouxesse respostas imediatas, construiriam algo divertido.

Essas quatro pessoas com almas brincantes são a jornalista Paula Desgualdo, o hacker Pedro Markun e os ilustradores André Rodrigues e Larissa Ribeiro. O fruto da aventura é o livro “Quem Manda Aqui?” criado por muitas mãos e também por meio do financiamento coletivo.

Voltada ao público infantil, a obra é um pulo na piscina de ordens e poderes dados às crianças (e pouco questionados) dentro das histórias, desde as reinações de Narizinho até as florestas encantadas dos irmãos Grimm.

“Concebemos o livro com uma estrutura horizontal, que questionava a hierarquia e de onde ela vinha”, explica a ilustradora Larissa Ribeiro. “Tudo foi pensando para ser feito em conjunto. Os autores são autores, escritores e também ilustradores. O próprio conceito de ser financiando coletivamente e de estar disponível para download gratuito carrega essa questão”.

Leia mais:
http://www1.folha.uol.com.br/poder/2015/04/1621134-entrevista-eleonora.shtml