Tags

, , , , , , ,

Secretaria de Educação de Alckmin fala em abrir “guerra” contra estudantes: áudio da reunião vazou

novembro 29, 2015
Reportagem exclusiva, de Laura Capriglione*, mostra que secretaria do PSDB teria procurado ajuda de jovens militantes tucanos e até de um Cardeal católico: objetivo é isolar e derrotar os estudantes que lutam contra desmonte da rede estadual.

Em reunião realizada agora há pouco, na antiga escola Normal Caetano de Campos, a primeira escola pública de São Paulo na era republicana, cerca de 40 dirigentes de ensino do Estado de São Paulo receberam instruções de Fernando Padula Novaes, chefe de gabinete do secretário Herman Jacobus Cornelis Voorwald, sobre como deverão agir a partir de amanhã para quebrar a resistência de alunos, professores e funcionários que estão em luta contra a reorganização escolar pretendida pelo governador Geraldo Alckmin.

A reunião foi realizada em uma sala anexa ao próprio gabinete do secretário.

Jornalistas Livres estavam lá e escutaram o chefe de gabinete anunciar para os dirigentes de ensino que o decreto da “reorganização sai na [próxima] terça-feira”. Segundo ele, “estava pronto na quinta passada (26/11) para o governador assinar”, mas pareceria que o governador não “tinha disposição para o diálogo”. A maioria na sala (todos “de confiança” do governo), suspirou de alívio, e Padula emendou: “Aí teremos o instrumento legal para a reorganização”.

Leia mais:
http://www.revistaforum.com.br/rodrigovianna/plenos-poderes/secretaria-de-educacao-de-alckmin-fala-em-abrir-guerra-contra-estudantes-audio-da-reuniao-vazou/