Tags

, , , , , , , , , , ,

Menino crítico do racismo recebe prêmio e lança livro de poesia

Um ano depois de “aula” de cidadania em entrevista à TVT, o menino Gustavo reafirma luta contra a discriminação e indigna-se com o preconceito: ‘É como se o homem tivesse decidido parar de evoluir’

São Paulo – Depois de aparecer na TVT, no ano passado, dando um depoimento que foi considerado uma aula contra o preconceito, a vida do menino Gustavo Gomes mudou. O garoto participou de vários programas de TV, foi colunista da Folha de S. Paulo por um mês e acaba de lançar o seu primeiro livro, a coletânea de poemas Meu Universo. Gustavo foi reconhecido como uma criança que faz a diferença, e recebeu o prêmio Cidadão São Paulo, na categoria infantil, promovido pelo portal Catraca Livre. O que não mudou é a capacidade de se indignar: “O racismo tem que ser combatido sempre”, afirma Gustavo, em entrevista ontem (3) ao Seu Jornal.

“Eu era um garoto baixinho, negro, com o cabelo duro. Era muito zoado”, conta Gustavo, que sofria com piadas e apelidos mas, hoje, diz não mais se abalar. O garoto, que quer escrever mais livros e que sonha em ser psicólogo, vai direto ao ponto e diz que o racismo é uma atitude “estúpida”.

Ainda não conseguem entender que as pessoas são iguais por dentro. Não tem por que discriminar.

Leia mais:
http://www.redebrasilatual.com.br/cidadania/2015/11/um-ano-depois-o-menino-gustavo-reafirma-o-racismo-tem-que-ser-combatido-sempre-8640.html