Tags

, , , , , , , , , ,

Pesquisadora critica desigualdades educacionais e lucro do ensino básico

Segundo estudo, bolsas para ensino privado mascaram custos posteriores.
Privatização educacional vem sendo vivenciada na América Latina.

As famílias que têm filhos no ensino básico devem ficar atentas à tendência de privatização praticada pela educação brasileira em alguns estados e cidades. Segundo uma pesquisa da Faculdade de Educação da Unicamp, esse é um modelo negativo adotado por vários países da América Latina que tem transformado a educação, de um direito básico, a uma esfera de lucro.

De acordo com a pesquisadora Theresa Adrião, a privatização acontece de duas formas. No primeiro caso, o governo contrata empresas ou fundações para fazerem políticas educacionais.

“Tal formato de privatização, além de destinar fundos públicos que a sociedade considera insuficientes, subordina a educação à lógica de setores cujo objetivo é o lucro”, explica.

Leia mais:
http://g1.globo.com/sp/campinas-regiao/noticia/2015/11/pesquisadora-critica-desigualdades-educacionais-e-lucro-do-ensino-basico-campinas.html