Tags

, , , , , , , , , ,

Feministas atravessam cidade por aluna de escola pública

Jovem de 16 anos pediu palestra por canal que mobiliza voluntários e, duas semanas depois, três mulheres falaram com 170 colegas

Barragem é o bairro mais extremo da capital paulistana, a 48 quilômetros do centro. Apenas uma linha de ônibus, com o sugestivo nome de Terminal Parelheiros, chega ao local que ainda não tem nem imagem disponível no Google Street View.

Um simples pedido de uma aluna, no entanto, fez três voluntárias ignorarem o distanciamento e irem até a única escola do bairro.

Jéssica Rodrigues, 16 anos, assumiu a presidência do primeiro grêmio oficial da Escola Estadual Joaquim Alvarez Cruz. Uma das bandeiras da chapa, só de mulheres, era o combate ao machismo e ao racismo. E ela encontrou uma forma de trazer a pauta para a escola em apenas duas semanas.

Leia mais:
http://www.cartaeducacao.com.br/reportagens/feministas-atravessam-cidade-por-aluna-de-escola-publica/