Tags

, , , ,

‘Surfe’ a boa onda do cinema latino-americano em São Paulo

Festival de cinema latino de SP faz 10 anos com 11 filmes gratuitos até 5 de agosto
Brasil aspira a ser a ‘nova Espanha’ do cinema latino-americano

No fim dos 90 – década em que América Latina viu agonizar muitas de suas cinematografias –, vários países da região começaram a recuperar seus cinemas e a viver a chamada buena ola. Essa retomada, que também existiu no Brasil, aconteceu graças à criação de institutos nacionais (re)criados para pensar a produção audiovisual e, sobretudo, fomentá-la. Os esforços (estatais, em grande parte) renderam frutos, e ainda rendem: a cada ano, mais e mais filmes são feitos, distribuídos para festivais, premiados e exibidos em circuito comercial.

O Festival de Cinema Latino-Americano de São Paulo, que em 2015 completa uma década de existência, é testemunho dessa boa onda. Em suas primeiras edições, eram poucos os países representados na programação (o trio dos mais ativos, em geral) e muitas as dúvidas sobre a resposta do público aos filmes. Hoje, o evento que acompanhou os anos magros da retomada latino-americana é reconhecido em toda a região, e se vê obrigado a deixar muitos títulos fora de sua seleção – cada vez mais ampla – e sossega com sessões quase sempre cheias.

Leia mais:
http://brasil.elpais.com/brasil/2015/07/30/cultura/1438287081_203405.html