Tags

, , , , , ,

Quem perde com a retirada do termo “gênero” nos Planos Municipais de Educação?

Falar sobre relações de gênero é falar sobre relação de poder que provoca desigualdades entre homens e mulheres. Podemos identificá-la no nosso dia a dia: nossos salários ainda são inferiores aos dos homens, ainda somos minoria no parlamento, sofremos assédio nas ruas, somos assassinadas por sermos mulheres, somos criminalizadas por defendermos nossos corpos.

O termo gênero surgiu justamente para entendermos e respondermos a essas desigualdades, que tem sua raiz no machismo e no patriarcado. Uma cultura que nos oprime e nos faz acreditar que somos inferiores e que devemos ser subordinadas. O problema é a onda de violência associada, que faz com que o Brasil ocupe o 7º lugar no ranking dos países de maior violência de gênero do mundo.

Leia mais:
http://www.actionaid.org.br/2015/06/quem-perde-com-retirada-do-termo-genero-nos-planos-municipais-de-educacao#sthash.xDCwb3rv.dpuf

Anúncios