Tags

, , , , , , ,

Crânio de um pericú analisado no estúdio da revista 'Science'. / Cristina Valdiosera

Crânio de um pericú analisado no estúdio da revista ‘Science’. / Cristina Valdiosera

A viagem da primeira pessoa que pisou na América

Dois estudos falam da chegada dos primeiros americanos da Sibéria há 15.000 anos

É evidente que Cristóvão Colombo não descobriu a América. Quando chegou com suas caravelas, em 1492, ela já estava habitada de ponta a ponta. Os cientistas vêm quebrando a cabeça há décadas para descobrir de quem foi a honra de ser o primeiro a pisar no continente, e dois estudos novos agora lançaram luz sobre o enigma. Um deles, liderado pelo geneticista Eske Willersly, da Universidade de Copenhague (Dinamarca), detalha o itinerário seguido pelos autênticos pais da América.

Os primeiros valentes que ousaram explorar o continente partiram da atual Sibéria há, no máximo, 23.000 anos atrás, durante o Último Máximo Glacial, uma época em que o norte da Europa estava completamente coberto de gelo. Aqueles pioneiros, um grupo de caçadores, teriam passado 8.000 anos isolados na Beríngia, uma ponte de terra hoje submersa e convertida em um braço de mar entre a Sibéria e o extremo noroeste da América, segundo o trabalho de Willerslev.

Leia mais:
http://brasil.elpais.com/brasil/2015/07/22/ciencia/1437590411_661470.html