Tags

, , ,

Alice no País das Maravilhas não é um conto de fadas, tampouco é uma obra surrealista

Alice no País das Maravilhas não é um conto de fadas, tampouco é uma obra surrealista

Os 150 anos de Alice no País das Maravilhas

Saiba mais sobre obra mais conhecida de Lewis Carroll, de difícil definição e marcada pelo nonsense

Por Julia Teitelroit Martins – Carta Fundamental

Em julho de 2015, Alice no País das Maravilhas completa 150 anos de publicação. Professor de matemática, gago e tímido, o autor Lewis Carroll deixou uma obra de difícil definição, que conquistou um lugar privilegiado no imaginário de várias gerações, com a fantasia e o nonsense como suas principais marcas. Alice, em particular, apesar de um século e meio de idade, continua uma menina. É um símbolo importante de nossos tempos, objeto de inúmeros estudos, adaptações literárias e, mais recentemente, versões para o cinema.

Leia mais:
http://www.cartafundamental.com.br/single/show/373/os-150-anos-de-alice-no-pais-das-maravilhas?utm_content=buffer87b69&utm_medium=social&utm_source=twitter.com&utm_campaign=buffer