Tags

, , , , , ,

1429270548_991794_1429271155_noticia_grande

O impressionante homem de Altamura

Uma equipe científica recupera um dos restos neandertais mais espetaculares do mundo

Apenas um pequeno grupo de pessoas no mundo todo teve o privilégio de vê-lo cara a cara. Em 1993, uma equipe de espeleologistas procurava novas cavernas perto de Altamura, uma cidade de 70.000 habitantes no sul da Itália, muito perto do salto da bota formada pela península. Após descerem por um orifício vertical de 15 metros, encontraram três corredores. O do centro tinha 20 metros de largura. Quando entraram, as lamparinas iluminaram as paredes cobertas de ossos de animais presos entre as estalactites e estalagmites. No fim do corredor havia uma pequena câmara, onde, em uma coluna de material calcário, os exploradores descobriram a impressionante caveira do homem de Altamura, um dos fósseis humanos mais espetaculares do mundo.

Os cientistas que desceram até a caverna atrás dos espeleologistas fizeram algumas fotos e vídeos, e descreveram sucintamente a descoberta. Provavelmente, disseram, tratava-se de um homem adulto que caiu em um poço no qual havia uma enormidade de animais mortos. Sobreviveu à queda, mas ficou paralisado e acabou morrendo de fome. Não sabiam de que espécie era, nem quando viveu. Mas comprovaram que sob o crânio havia muitos outros ossos do mesmo indivíduo, também sepultados em uma tumba de mineral, impossíveis de serem retirados sem danificar o conjunto raríssimo.

Leia mais:
http://brasil.elpais.com/brasil/2015/04/17/ciencia/1429270548_991794.html