Tags

, , , ,

Na volta às aulas, falta de água preocupa e Apeoesp cobra plano de contingência

Escolas estaduais e municipais sofrem com desabastecimento; condições de trabalho podem ficar ainda mais prejudicadas, segundo sindicato dos professores

São Paulo – A crise hídrica, que começou no ano passado, não afeta apenas residências e comércios, mas as redes municipal e estadual de ensino, em São Paulo. Ainda em outubro do ano passado, 34 escolas municipais tiveram problemas. As escolas estaduais também sofreram com a falta de água no final do ano letivo.

O Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Apeoesp) recebe denúncias, por meio de um canal em seu site, sobre os problemas com a falta de água, diz secretário de comunicação da Apeoesp, Roberto Guido, à repórter Anelize Moreira, da Rádio Brasil Atual, em entrevista feita hoje (5).

Leia mais:
http://www.redebrasilatual.com.br/educacao/2015/02/na-volta-as-aulas-falta-dagua-preocupa-e-sindicato-cobra-plano-de-contigencia-5654.html