JustusHarvard_interna

 

A história inspiradora do jovem que saiu das ruas de Ruanda para estudar em Harvard

Imagine que você é uma criança órfã, vivendo dentro de um carro incendiado num lixão de Kigali, capital de Ruanda. Desespero é pouco, não? Esse é o resumo da história do africano Justus Uwayesu, que vivia em busca de comida e amparo e atualmente estuda matemática, economia e direitos humanos na cobiçada Universidade de Harvard, nos Estados Unidos.

Sua vida pode se comparar à de outros jovens que vivem na região, marcada por conflitos. Uwayesu é, além de estudante, um sobrevivente de um massacre pavoroso entre os grupos étnicos Hutu e Tutsi, que matou 800 mil pessoas em apenas 100 dias. Os pais, que eram agricultores e analfabetos, foram mortos em um ataque, enquanto o garoto e seus irmãos foram resgatados pela Cruz Vermelha. A região ficou completamente devastada após o episódio.

Mas Uwayesu, depois de mendigar e passar por situações extremas, teve a sorte de encontrar a fundadora da ONG Esther Aid, Clare Efiong, dedicada a resgatar crianças órfãs na região do Ruanda. Com o sonho de frequentar a escola, ele se tornou o melhor aluno da turma após um ano e conquistou notas que garantiram sua entrada numa instituição especializada em ciências. O jovem não mais parou.

Atualmente com, aproximadamente, 22 anos de idade, já que não há registro oficial de sua data de nascimento, o jovem acreditou na potência dos sonhos e, com muita dedicação, conseguiu fazer parte de uma das maiores universidades do mundo após se matricular no programa Bridge2Rwanda, destinado à preparação de alunos para ingresso na faculdade.  Ele ainda aprendeu outras línguas, como inglês, francês, suaíli e lingala. Esse garoto já foi longe, mas vai chegar ainda mais com essa dedicação que serve de exemplo para o mundo inteiro.

http://www.hypeness.com.br/2014/11/conheca-a-historia-do-africano-que-saiu-das-ruas-e-estuda-em-harvard/