Tags

, ,

Graduações 
fora da caixa

Cresce a oferta de cursos de bacharelado não tradicionais, mas ainda falta reconhecimento junto ao mercado

Por Thais Paiva
Sustentabilidade, novas tecnologias, qualidade de vida, gestão da informação. São diversas as áreas apontadas como promissoras por pesquisas que buscam prever tendências e oportunidades de trabalho para os jovens. Na tentativa de alinhar-se às novas demandas econômicas e sociais, as universidades brasileiras ampliam o leque de graduações com cursos focados em novos nichos de mercado. “O modelo de formar pessoas apenas para as profissões já estabelecidas está mudando. É crescente a criação de cursos inovadores, tentativas de pensar as qualificações e profissões de uma maneira diferente”, afirma Carlos Antônio Monteiro, presidente da CM Consultoria, especializada em Ensino Superior.

Criada em 2005 e com um catálogo que inclui Gestão Ambiental, Gerontologia, Sistemas de Informação, Lazer e Turismo, Obstetrícia e Têxtil e Moda, a Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH), campus da Universidade de São Paulo (USP) na zona leste da cidade, foi uma das primeiras instituições públicas a apostar no pioneirismo graças a uma questão legal – como o regimento interno da USP proíbe a oferta de cursos idênticos na mesma cidade, a unidade precisou pensar novos caminhos e possibilidades de qualificação.

http://www.cartanaescola.com.br/single/show/443?utm_content=buffer1f644&utm_medium=social&utm_source=plus.google.com&utm_campaign=buffer