Menina agredida em colégio tem o cabelo cortado e é chamada de gorda

Aluna teria sido agredida por duas meninas no banheiro da escola, no AP.
Caso foi registrado na Delegacia de Investigações em Atos Infracionais.

Uma estudante de 12 anos disse ter sido vítima de bullying na manhã desta sexta-feira (9), no colégio particular Santa Bartolomea Capitânio, no bairro Central de Macapá. A menina, aluna da instituição, foi agredida e teve os cabelos cortados com tesoura por duas adolescentes que também seriam alunas da escola. Segundo a vítima, as menores estavam uniformizadas e a chamavam de gorda durante a agressão. O caso foi registrado na Delegacia de Investigações em Atos Infracionais (Deiai).  O colégio foi procurado, mas não quis se pronunciar sobre o assunto.
A estudante conta que foi agredida quando entrou no banheiro da escola, por volta de 7h30, antes do início da aula. Uma das agressoras teria entrado em seguida, trancando-se com a garota no local, segundo a vítima, estudante do colégio desde 2013. A outra menor já estaria num dos boxes do compartimento.

“Quando eu cheguei, fui ao banheiro e logo depois entrou uma menina me jogando contra a parede. A outra já estava dentro do box esperando. As duas me arrastaram, começaram a cortar o meu cabelo e me chamavam de gorda. Nunca vi nenhuma delas na escola”, lembrou a menina, ainda abalada com a agressão. Ela afirma não ter inimizades no colégio.

http://g1.globo.com/ap/amapa/noticia/2014/05/menina-agredida-em-colegio-tem-o-cabelo-cortado-e-e-chamada-de-gorda.html