Tags

,

“Os olhos puxados de Débora Araújo Seabra de Moura, 32 anos, revelam muito do que podemos enxergar. A primeira portadora da síndrome de Down a se formar professora com magistério no Brasil venceu barreiras e preconceitos, provando que a inclusão é possível em qualquer lugar. De personalidade tranquila e autoestima contagiante, a potiguar que mora em Natal (RN) é ativa e desbravadora e a escola teve papel fundamental na sua caminhada. Neste 15 de outubro, quando se comemora o Dia do Professor, a história de Débora vem nos trazer um exemplo de luta pela inclusão de pessoas com deficiência intelectual na rede regular de ensino.”

Débora é autora do livro Débora conta histórias, que conta com”fábulas inclusivas”.

http://ne10.uol.com.br/canal/cotidiano/vidas-em-perfil/noticia/2013/10/14/primeira-professora-com-down-do-brasil-mostra-importancia-da-inclusao-448506.php